Compre Online Receba uma ligação

5 dicas para seguir ao projetar uma cozinha profissional

5 dicas para seguir ao projetar uma cozinha profissional

Cozinhas profissionais preparam uma quantidade imensa de refeições diariamente. Por isso, é imprescindível que tenham certas características para funcionar com maior eficiência e segurança — alimentar e pessoal. Confira neste blog algumas dicas fundamentais para que esses aspectos sejam alcançados. Juntamente com uma dica especial que pode ajudar seu negócio a ter sucesso desde o seu planejamento!

1. Fluxo de trabalho adequado

O fluxo ideal para uma cozinha profissional deve corresponder ao processo de preparação de alimentos. Dessa forma, o ritmo de trabalho pode encontrar um padrão constante pelo qual funcionar. E, diga-se de passagem, funcionar muito bem.

Assim sendo, ao planejar o espaço, é necessário considerar uma distribuição de áreas e equipamentos que possibilite que o fluxo avance da seguinte maneira:

Acesso aos ingredientes -> preparação pré-cozimento -> cozimento -> preparação pós-cozimento -> processo de entrega ao cliente.

Percebe como uma organização que leva a esse desencadeamento de atividades facilita a execução das operações?

Convidamos você a conferir nosso blog sobre qual layout de cozinha industrial é o ideal para o seu restaurante e com isso conhecer diversas possibilidades de posicionamento!

2. Sistemas de exaustão e ventilação

A geração de fumaça é comum em qualquer tipo de cozinha. Mas em uma cozinha profissional, em razão do tamanho e da demanda, ela não pode ser simplesmente ignorada ou resolvida com uma janela aberta. Por isso, o sistema de exaustão e ventilação são essenciais para direcionar essa fumaça para algum lugar, em vez de deixá-la presa.

A coifa é o equipamento mais indicado por possuir um sistema de exaustão. Ele é responsável por retirar a fumaça por uma tubulação, que a direciona para a área exterior. Além disso, a coifa também elimina o ar quente e o cheiro do ambiente.

É importante escolher a coifa desde o desenvolvimento do projeto porque é preciso levar em consideração o tamanho da cozinha, o seu layout e capacidade em lidar com a fumaça. Dependendo disso, a quantidade necessária mudará.

3. Área de lavagem de utensílios

Em hipótese alguma a área de lavagem de louça, panelas e utensílios pode estar posicionada em uma área muito próxima da preparação de alimentos — e muito menos coincidir, claro. A proximidade pode levar respingos de uma área para a outra, o que resultaria em contaminações cruzadas e em uma série de problemas relacionados à segurança alimentar do estabelecimento. Então, tenha isso em mente ao planejar o layout da sua cozinha industrial!

Além disso, caso opte por utilizar uma cuba para a área de lavagem de louça, a melhor alternativa é a cuba dupla. Ela permite que haja mais agilidade, uma vez que uma das cubas pode ser utilizada para retirar os restos de alimento e a outra para a lavagem propriamente dita!

4. Tipo de material ideal

As instalações da sua cozinha profissional, assim como os equipamentos, devem variar de acordo com as necessidades do estabelecimento. Mas o que não deve mudar são os materiais que compõem o espaço. A prioridade sempre serão as superfícies que facilitem a higienização do local.

Em outras palavras, as superfícies de trabalho, as prateleiras de armazenamento e todos os elementos da cozinha devem ser constituídos por materiais lisos e adequados para o contacto com alimentos. Podendo ser, portanto, lavados e desinfectados facilmente.

Como você pode ver neste blog, a tendência para os projetos de cozinhas industriais é aquela que traz mais praticidade para o dia a dia — e isso significa praticidade na limpeza!

5. Cozinhas profissionais ecoeficientes

Já que estamos falando de tendências, não poderíamos deixar de lado essa dica mais do que especial para o seu negócio. Empresas que associam suas marcas à causa ambiental são melhor vistas por seus clientes. Consequentemente, obtêm benefícios econômicos e ainda ajudam o planeta.

Para tornar o projeto da sua cozinha ecoeficiente, existem diversas alternativas. Desde as mais básicas, como trocar as lâmpadas tradicionais pelas lâmpadas de LED, até aquelas que exigem um pouco de investimento, como é o caso da compra de equipamentos desenvolvidos para consumir menos energia.

Nós temos alguns blogs que pode te ajudar com isso:

Não deixe de conferir e aperfeiçoar o seu projeto. Além disso, você pode também entrar em contato conosco para mais algumas dicas de como conquistar a cozinha profissional perfeita! Não deixe de aproveitar!

X