Cozinha industrial: 5 coisas que você precisa saber para economizar!

Cozinha industrial: 5 coisas que você precisa saber para economizar!

Quem não quer economizar seu dinheiro quando o assunto é cozinha industrial?
Uma cozinha industrial traz gastos além do previsto se não houver um planejamento muito claro e bem definido. Existem alguns fatores que fazem certas contas do final do mês diminuírem, dando para seu bolso o alívio que ele merece. Assim, você pode voltar a investir as economias no restaurante e ver seu negócio se ampliar sempre mais. Aprenda com nossas 5 dicas para economizar dentro de uma cozinha industrial:

Cozinha Industrial

1 – Reduza o desperdício de alimentos:

Sabe o estoque de alimentos? Você já avaliou se ele é eficaz e consegue ter 100% de aproveitamento de tudo que está estocado? Um armazenamento de alimentos não planejado pode acarretar no vencimento dos alimentos ou até mesmo na alteração da sua qualidade e sabor.
Sem falar na higiene do local, lugares sujos e com embalagens abertas atraem pragas urbanas para sua comida. Então, já deu para ter uma noção do quanto é importante ter um lugar em boas condições para preservar sua comida. Toda comida jogada no lixo é seu dinheiro sendo jogado fora junto.

2 – Reveja o uso das luzes do seu estabelecimento:

Antes, era muito comum ver a recomendação de trocar as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes. As anteriores, além de não iluminarem muito bem, gastam muita energia elétrica. Agora, a melhor recomendação é trocar todas as lâmpadas pelas de LED. As lâmpadas de LED duram mais tempo, não queimam facilmente, conseguem iluminar bem mais e consomem pouca energia elétrica.
Além de tudo, muitas têm opções de variar cores e intensidade. Assim, você não tem que gastar mais, para criar aquele clima desejado no salão.
Nas áreas funcionais, oriente os funcionários a só acenderem a luz quando estiverem no ambiente. Por exemplo, deixar a luz do banheiro ligada sem ninguém usando o cômodo consome muita energia. Cole avisos para lembrar sobre a prática de economia. Caso esteja difícil instaurar esse hábito, considere instalar sensores de movimento. Desse jeito, é 100% de garantia que a luz só será acesa quando houver pessoas no lugar.

cozinha industrial

3 – Invista em manutenções preventivas:

Todos os equipamentos de uma cozinha industrial estão sujeitos a falharem. Para evitar qualquer imprevisto, é preciso zelar pelo bom funcionamento e uso de cada equipamento, seja freezer, forno combinado ou fritadeira. Um equipamento com falhas pode consumir mais energia ou atrasar o trabalho da sua cozinha. Então, invista em manutenções preventivas para verificar se está tudo certo com seus equipamentos. Pode ter certeza que esse gasto é inferior aos gastos do conserto ou, se precisar, de adquirir algo novo.

4 – Tire o gás da sua cozinha industrial

“Então, como eu vou cozinhar?” Existem diversos equipamentos que não utilizam gás no cozimento do alimento. Uma cozinha industrial consome muito gás mensalmente, pode ter certeza que essa é uma das contas que mais pesam. O gás não tem um valor fixo e pode ter o preço reajustado a qualquer momento. Seu uso depende de uma equipe inteira, pois a qualquer descuido pode ocorrer um acidente com o seu vazamento, Sem falar que em outro deslize o alimento pode ser queimado e desperdiçado.
Equipamentos sem o uso de gás tem timers que controlam a temperatura e permitem que o alimento seja servido no seu ponto ideal. Eles economizam também nas contas e conseguem preparar os alimentos de forma gostosa e prática. Para se aprofundar no assunto, fizemos um blog completo sobre cozinha industrial sem gás.

5- Invista em equipamentos econômicos:

Sabe aquele ditado: “o barato sai caro?” Então, isso vale também para cozinha industrial. Investir em equipamentos bons é garantia de economia e otimização do serviço.
Sabe o que falamos anteriormente sobre o gás? Então, equipamentos com cocção por indução não queimam gases tóxicos (CO, CO2 e CH4), e nem emitem calor ou fumaça na cozinha. A economia também é visível na forma como ele prepara os alimentos. Seu cozimento é muito mais rápido, então, ele prepara uma quantidade maior de comida e, desse jeito, economiza energia. Além disso, ele só aquece no contato com a panela, o que evitar muitos desperdícios.
A refrigeração, quando bem planejada, também pode economizar muito! Uma geladeira comum consome muita energia elétrica e não consegue atender a demanda de uma cozinha industrial. Quem gosta de inovação e economia precisa conhecer a TopBox. Esse modo de refrigerar alimentos economiza até 50% de energia, se comparado a um refrigerador comum. Os alimentos são conservados em gavetas. Assim, o ar frio se mantém ali quando você abre a TopBox, saiba mais sobre isso dando uma lida no nosso blog .

Isso poupa meu dinheiro?

Saiba que isso ajuda a economizar muito, pois mantém a temperatura gelada o tempo todo, sem a entrada do ar quente. É possível ter toda visualização do produto armazenado logo na hora que você puxa a gaveta da TopBox. Sem falar que os alimentos duram muito mais e sem aquelas cristais de gelo chatos que formam em volta dos itens refrigerados. O compressor de 1/6 Hp permite precisão no controle da temperatura e economia de energia.
Todos esses equipamentos e outros são encontrados na Topema. Prezamos por economia, sustentabilidade e inovação em cada criação que disponibilizamos aos nossos clientes. Saiba mais acessando nosso site ou ligando para nosso telefone: (11) 2134-7400.