Separar resíduos: você pratica isso na sua cozinha?

Separar resíduos: você pratica isso na sua cozinha?

Adotar a reciclagem dentro de sua cozinha industrial pode trazer vantagens além do esperado. A preservação do meio ambiente começa com pequenas práticas, como separar resíduos e praticar a reciclagem.
Pode parecer complicado e cansativo, dentro da rotina de uma cozinha industrial. Porém, com algumas práticas simples de reciclagem, o seu cotidiano na cozinha pode ser otimizado e mais produtivo. Anote essa informação importante: medidas sustentáveis podem preservar o meio ambiente e economizar o seu dinheiro.

Separar resíduos

Quais são os materiais recicláveis?

Uma cozinha industrial, seja de um restaurante ou de um hotel, lida com embalagens e resíduos diariamente. Então, por que não reciclar esses itens? A reciclagem transforma esses materiais, que teve sua primeira função esgotada, em um novo produto.
Esse ciclo sustentável gera economia de água, energia e de espaço. O que os aterros sanitários menos precisam, é de mais lixo para entupir e ajudar na superlotação. Para todo mundo ficar mais atento sobre como separar resíduos, fizemos uma listinha básica:

– Papéis:

Dentro de uma cozinha, o que você pode reciclar de papéis são as embalagens dos alimentos, as caixas de papelões do estoque, qualquer tipo de jornal, folhas de caderno e panfleto.
Se o papel ficou sujo ou engordurado, infelizmente ele não é mais útil para a reciclagem. Papéis laminados, ou de alumínio, que ficam em volta do alimento não podem ser reciclados. Fitas e etiquetas adesivas também são de difícil reaproveitamento.

– Plásticos:

Quando se trata de plástico, muita coisa pode ser reciclada. Garrafas pet, embalagens de produto de limpeza, embalagens plástica de alimentos, como aquelas caixas de ovos. Todas sacolas, isopor, filmes plásticos e acrílicos são reaproveitados. Já o que não pode ser reciclado são embalagens metalizadas e plástico celofane.

– Vidros:

Vidros também são bem versáteis quando o assunto é reciclagem. Toda garrafa de bebida, frascos de molhos, condimentos, copos ou pratos são reaproveitados. O que não pode ser reciclado são cerâmicas, porcelanas, tubos de eletroeletrônicos e vidros temperados.

– Metais:

Metais recicláveis são as latas de alumínio, assim como as tampas das embalagens, papéis alumínios sem gordura, embalagens de enlatados e marmitex, panelas quebradas, etc. O que você deve evitar reciclar são as esponjas de aço, seja usada ou nova.

E sobre separar resíduos orgânicos?

Esse tipo de lixo é o mais comum dentro de uma cozinha de grande porte. Cascas, restos de alimentos, comida que passou do prazo de validade… Tudo vai para o lixo. Geralmente os restaurantes costumam deixar esse tipo de lixo em um saco separado e colocar na lixeira para recolherem. Isso quando não misturam todos os tipos de lixo! Quem faz isso, não sabe como esses resíduos podem ser úteis!
Separar resíduos
A melhor maneira de reaproveitar esses restos de alimentos é transformando-os em adubo! Parece ser muito trabalhoso, mas existem equipamentos que facilitam isso, como a ECOBOX. Ela consegue reciclar resíduos orgânicos de forma ecologicamente correta. Transformando esse lixo em adubo, você diminui o espaço destinado ao lixo, diminui o odor acumulado e ainda ajuda o planeta – porque por mais que seja orgânico, esse lixo também causa problemas. A Topema possui uma linha de processadora de resíduos que consegue suportar o tamanho da produção da sua cozinha, seja de pequeno ou grande porte. Você pode acessar nossas opções aqui.