Compre Online Receba uma ligação

Qual layout de cozinha industrial é o ideal para o seu restaurante?

Qual layout de cozinha industrial é o ideal para o seu restaurante?

O layout de uma cozinha industrial tem grande peso para determinar se um restaurante funcionará bem ou não. Uma cozinha com um layout pensado estrategicamente contribui de maneira significativa para que a equipe trabalhe com eficiência e prepare pratos com qualidade. Se ela é montada ao acaso, acaba se tornando um obstáculo, já que dificilmente corresponderá às necessidades dos funcionários. É provável que eles precisem se preocupar com a movimentação pelo ambiente e se irão ou não esbarrar uns nos outros.

Não queremos isso, certo? Por isso, neste blog, listaremos 5 layouts para cozinhas industriais para você se inspirar!

1. Linha de montagem

A linha de montagem é um layout que consiste, de fato, em uma linha posicionada no centro da cozinha, com um começo e um fim. Ou seja, trata-se de uma configuração onde a disposição dos equipamentos, ingredientes e demais utensílios ficam ordenados de acordo com as etapas de preparação dos pratos no cardápio. Assim, no início da linha eles começam a ser preparados e no fim são finalizados para serem servidos ao cliente.

Percebemos, portanto, que não há flexibilidade. É um formato bastante rígido, ideal para cozinhas industriais que produzem o mesmo tipo de prato repetidamente. Sendo necessário, também, a presença de diversos cozinheiros, cada um deles responsável por uma etapa do processo.

O layout da linha de montagem é melhor para restaurantes fast food ou com cardápios limitados, com pratos que têm um estilo de preparação semelhante, como é o caso das pizzarias.

2. Ilha

O layout de ilha para cozinhas industriais possui um ponto central, rodeado por zonas diversas, que variam de acordo com cada restaurante. Para ficar mais claro, vejamos um exemplo. A sua cozinha pode ter uma área de lavagem, outra de preparação e um espaço para o armazenamento de ingredientes ao longo do perímetro. Ou seja, todos encostados nas paredes. Enquanto no centro da cozinha, como se realmente fosse uma ilha, ficam os equipamentos de cocção.

É como se houvesse um centro de comando, por onde passam todos os pratos. Essa configuração facilita a comunicação da equipe, assim como a supervisão feita por parte do chef.

Para escolher esse tipo de layout, a sua cozinha industrial precisa ser grande o suficiente para que as passagens não fiquem estreitas e de difícil circulação! Você não vai querer dificultar o fluxo de trabalho!

3. Zonas separadas

O layout dividido em zonas cria estações dedicadas para atividades diferentes, isto é, em cada uma delas se prepara um tipo de prato. A sua cozinha industrial pode, por exemplo, ter uma zona dedicada à preparação de sopas e saladas, outra para a preparação de carnes, mais uma para as frituras, outra para assar pães, e assim por diante.

Esse layout permite que o espaço fique mais organizado, com cada uma das zonas concentradas em sua própria tarefa. Assim, ainda que operem ao mesmo tempo, não irão atrapalhar umas às outras. Nesta configuração é uma boa ideia, inclusive, contar com um chef especializado para cada zona.

Recomenda-se esse layout para restaurantes com um menu diverso, muitos funcionários e que sejam voltados para grandes operações. Uma cozinha pequena não é ideal escolher essa configuração, pois precisa de um espaço mais amplo.

4. Junto às paredes

Neste layout, todas as zonas ficam próximas às paredes. Assim, o centro da cozinha industrial fica vazio. Mas, dependendo do tamanho do espaço, a disposição será diferente.

Uma cozinha grande pode ter suas zonas ocupando todas as quatro paredes. Em casos assim, todos os cozinheiros conseguem circular entre várias estações sem dificuldade, justamente porque a área é ampla. Em cozinhas pequenas, por outro lado, o melhor é deixar os equipamentos dispostos ao longo de apenas duas paredes paralelas.

Agora, se sua cozinha for compacta, do tipo food truck, você não terá outra alternativa a não ser usar somente uma das paredes.

5. Aberto

Uma cozinha industrial com layout aberto permite que os clientes presenciem a preparação dos pratos, algo que antes era exclusivo dos bastidores. Nesse caso, não há uma disposição definida como os demais layouts, qualquer um deles pode ser transformado em uma cozinha aberta. Basta derrubar uma parede. Há, antes disso, recomendações para a segurança do cliente que assiste.

O melhor é manter os equipamentos com quentes e que envolvem fogo o mais longe possível. Além disso, uma divisória de vidro para separar a área de serviço dos assentos do público é preferível. Tanto para proteger as pessoas como para preservar a comida.

A cozinha aberta é ótima para entreter, permitindo que haja um atrativo extra para o seu estabelecimento.

Gostou? Quer mais dicas de como planejar sua cozinha? Confira nosso blog sobre quais fatores considerar para o projeto da sua cozinha industrial!.

Entre também em contato conosco para mais informações!

X